02 março 2008

 

Preto e branco


Ontem, foi baptizado o navio de guerra USS New York. O navio foi construído com 24 toneladas de aço resgatadas dos escombros das Torres Gémeas. O navio tem um refrão: "Nunca esquecer."

Os americanos acham que ninguém os vê? Ou será que são eles que não se vêem a si mesmos?

É admitido, celebrado, patrocinado o desejo de vingança. Giuliani tentou comprar uma campanha presidencial evocando um desejo genocida que germinou das ruínas de 11 de Setembro. A Marinha faz grande gala da sua apropriação da tragédia. Este país, ou os seus oficiais eleitos, acham-se no direito de construir armas de ocupação, de estrupo, de violência imperial e baptizá-las como instrumento de uma retribuição merecida. Com festa o fazem, com orgulho.

Este é um ódio ao estrangeiro. Porque é esse o suspeito terrorista. É um ódio à liberdade. Porque só se admite a soberania que esteja ao serviço dos seus interesses nacionais. É tudo isto expresso em voz pública. É esta a voz pública.

Comments:
É o Fascismo!
 
Pode ser fascismo mas voz pública é que não é de certeza.
Pode ser expresso em voz pública mas voz pública é que não é de certeza.
 
A Soberba americana disponibiliza mais um alvo flutuante.
 
"É admitido, celebrado, patrocinado o desejo de vingança"
Valha-lhe Deus, homem. O sr. conhece o "E tudo o vento levou", não conhece?
Acha que a atitude de "nunca mais" é, ou pode ser confundidada, com desejo de vingança?!
Isso é coisa de ciganada da europa.
capisce?
"I'm going to live through this, and when it's all over, I'll never be hungry again. . . if I have to lie, steal, cheat or kill! As God is my witness, I'll never be hungry again."

http://www.publicdoman.com/classics.html
 
Publicar um comentário

<< Home


   

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

   
   
Estou no Blog.com.pt