29 maio 2006

 

Paraíso na terra


Avelino Ferreira Torres continua a ser um caso de impunidade exemplar em Portugal. Depois de ter estado envolvido em grupos bombistas de extrema-direita, continuou o seu currículo na Câmara de Marco de Canaveses. De agressões a corrupção variada, acusações não faltaram. Evidentemente que o Estádio do Marco, o clube local, tem o seu nome.

Recentemente, soube-se que a dívida, apurada numa auditoria, ascendia a mais de 71 milhões de euros, e que ainda podia aumentar. Uma das consequências é que a Câmara não pode contrair empréstimos nos próximos 20 anos e que vai viver a pão e água nos próximos tempos.

Ele continua impune, no seu paraíso na terra: o país que lhe permite fazer tudo.

Comments:
O país está para os corruptos. O melhor será talvez enveredarmos todos pela corrupção. Mas cuidado que nem todos ficam impunes porque alguns mais inocentes como esta coitada podem ver-se em grandes trabalhos! Fico a pensar se a justiça portuguesa só consegue chegar aos casos mais simples, complicando-os propositadamente para justificar serviço.
 
mas eu lixo-os que não tenho nem carro, ordenado ou aquário. Podem-me levar é a televisão e a sanita como é tradição (especialmente no Porto).
 
Enviar um comentário

<< Home


   

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

   
   
Estou no Blog.com.pt