15 março 2008

 

De mãos nuas?


A súcia de parasitas que manda em Portugal tem governo, fazedores-de-opinião e polícias no bolso como eficazes cães-de-guarda para disciplinar quem trabalha. Exemplos acumulam-se e, ao contrário do que alguns (inclusivamente à esquerda) defendem, não se os podem separar.

O governo tem preparado a entrega de numerosas áreas económicas para os grandes grupos económicos em oposição aos pequenos capitalistas até aqui prevalentes. Das actividades da ASAE, à Saúde com as suas parcerias Público-Privadas, ou o encerramento de lares tudo caminha na mesma direcção. Mais importante, perante a crise que já vai longa, o governo tem garantido a disponibilidade do músculo necessário para reprimir protestos mais efusivos.

Os fazedores-de-opinião para além de mentiras, distracções ou mesmo de agressões mais gratuitas (como se pôde ver aquando da recente manif de professores), tentam constantemente condicionar as reacções à política governamental. As polícias, essas, têm feito visitas de cortesia a sindicatos, condenado sindicalistas, reprimido manifs e piquetes de greve (1 e 2).

Perante este exército bem armado e financiado, encontramo-nos de mãos nuas com os nossos calos e tendinites. Por enquanto...

Comments:
Por enquanto?
Acho que não é bem assim, a manif dos profs, a manif do final do ano passado com 200 mil pessoas, as dezenas, centenas de pequenos/grandes protestos das populações pelos mais diversos motivos, faz-me parecer que já há muita gente com as articulações bem oleadas e musculos a desenvolverem-se.
o pessoal já se move... e bem!
 
Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Smartphone, I hope you enjoy. The address is http://smartphone-brasil.blogspot.com. A hug.
 
Olaio: vê post abaixo.
 
Podem estar de mãos nuas,mas não estão algemados.Podem escrever o que pensam,participar em protestos,debater,como é o caso deste blog ,as vossas opiniões,ser militantes de partidos politicos ou associações civicas,fazer tristes figuras assobiando á porta das sedes partidárias.Qual é o risco que correm?.Meus caros amigos temos que ter o sentido das proporções quando falamos de liberdade e democracia.Na minha geração,no tempo do Estado Novo,é que se corria o risco de perder a liberdade e de pagar por vezes com a própria vida conduzir uma luta,uma greve,uma manifestação. Os policias quando apareciam,até em casa das pessoas,não queriam perguntar quem é que ia á manifestação,era para os levar presos,dar-lhes porrada até mais não.A policia quando visitava as escolas,por vezes acompanhados de cães,não perguntava nada,dava porrada em tudo o que mexia,professores,alunos,empregados.Não tinhamos direito a estudar pelos livros que nós queriamos,ou a debater certas questões com os professores.Quando estiverem desanimados perguntem aos vossos pais,aos camaradas mais velhos dos partidos,e pensam que a vossa liberdade foi paga com muita dor,sofrimento,sacrificio.Não desvalorizem aquilo que está ao vosso alcance,assim saibam o que querem
 
Chama-se a isto um post de merda !

Ó Samir Machel sabes-me dizer em quantos países "Socialistas" e "Comunistas" é que são permitidos sindicatos, manifs e greves ?
Mas tu tens alguma dúvida que estes desflies de parasitas de braço no ar, que desde o 25 de abril mais não têm feito do que usufruir de privilégios atrás de privilégios, à conta do trabalho dos restantes portugueses, são no sentido de perpetuar as suas regalias .

Os comnentadores dizem mentiras ? Mas é mentira que o que esta gentalha quer é continuar a subir na carreira por um processo burocrático de progressão baseado na passagem do tempo em lugar de um processo meritocrático ?

É mentira que muitos destes incompetentes que vão para a rua, porque a maioria são incompetentes, venderam a alma a um partido Totalitáŕio, que quis uma Ditadura para Portugal e apoiou várias Ditaduras em diversas partes do mundo, só porque não têm capacidade nem qualidade nem competência para sobreviverem por eles proprios fora da mama do Estado ?

Não digas asneiras Samir Machel !
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
pst, lavrador

sabe, com o sistema proposto pela ministra, quem é que vai avaliar os professores mais novos? segundo as regras que pode definir?

se disse: os profs que estão no topo da carreira agora, ou seja, os que subiram (até aqui) na carreira por um processo burocrático de progressão baseado na passagem do tempo em lugar de um processo meritocrático, então acertou.

Ou seja, este sistema de avaliação põe os tais incompetentes a fazer o trabalho de avaliação. Sei de uns quantos casos ...

:)

De resto tem razão, o Samir é um proto-ditador estalinista como aliás bem se nota pelos seus posts sempre a exigir medidas mais opressivas por parte do governo...
 
Ana Pereira:
De facto estamos melhor do que na ditadura. Como durante a ditadura estávamos melhor do que quando nos escondíamos nas grutas com medo de outros animais. De facto, na história há frequentemente progresso, mas também os objectivos devem ir avançando. (E que me lembre nem nunca comparei com a ditadura...)

De resto, ver também post abaixo.


Lavrador:
Quanto à tua provocação de baixo nível deixa-me dizer-te que não causas mossa. Eu defendo o direito a sindicatos, greves e manifs, mas tu com esse discurso parece que não.

Pena que as pessoas sistematicamente fechem o discurso nos professores. A esse teu comentário encontras aqui uma boa resposta:
http://arrastao.org/educacao/gritar-para-o-lado/

O problema é a junção de todas as peças. De Sines à Valorsul, do desemprego à precariedade, as coisas não estão certamente a mudar para melhor...
 
As coisas não estão a mudar para melhor,consequencia de vários factores que não podem ser assacados só ao governo actual.A crise dos mercados financeiros que se está a estender á economia Americana,com a dúvida de qual vai ser a sua incidencia na economia Europeia e por maioria de razão,dada a fragilidade,á portuguesa não é decerto consequencia do governo do PS.Os politicos não deviam prometer coisas que não dependem deles,mas se não o fizerem aparece sempre um populista que leva a melhor.Não votei no PS e há coisas na sua forma de governar que não me parecem as mais correctas,contudo enquanto vamos perdendo tempo a discutir uns com os outros não prestamos atenção aquilo que precisamos de fazer todos para minimizar aquilo que cá chega por via da globalização.Quanto aos policias é preciso perceber que eles tambem são trabalhadores como os outros cidadãos, e portanto devemos evitar confontos e insultos,como eu já ouvi nas reportagens televisivas,para depois nos fazermos de vitimas.O que me pareceu do seu post foi que se estava a deixar levar por um desanimo como se nada pudessemos fazer.E é isso que não pode acontecer.Não podemos parar temos que ir sempre lutando por aquilo que achamos que seria melhor para os nossos concidadãos,há avanços e recuos,mas afinal na história é sempre assim que se tem passado.
 
Publicar um comentário

<< Home


   

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

   
   
Estou no Blog.com.pt