30 janeiro 2008

 

Cabrões com lata


"[Os comunistas portugueses] Em vez de se prepararem para as grandes batalhas que aí vêm, sindicais e políticas (...), metem a cabeça na areia, como a avestruz, recusam-se a ver as novas realidades do mundo de hoje, em plena transformação e, em lugar de relerem Marx, com os olhos críticos de hoje e terem em conta a tão valiosa experiência adquirida, desde então, continuam apegados à cartilha stalinista e metem-se no bunker, prontos a morrer na sua, com os olhos vendados ao futuro. É lamentável!" (lido no Público, in DN)

Não sou do PCP, nem apetência para o ser, mas certamente não será este ex (primeiro-ministro, presidente e muito mais) que terá credibilidade para o que anda a dizer. É preciso ter lata...

Comments:
Eu também não sou do PCP, mas confesso que simpatizo com esse projecto (o português em concreto), e não sabendo se o PCP controla (seja lá o que isso for) ou não a CGTP, digo e redigo que gostaria que controlasse... pensar nisso deixa-me muito mais descansada, em relação ao comportamento do movimento sindical. Só de pensar que Soares e companhias gostariam de lhe pôr a mão em cima... e lembrando-me de um tal 1º ministro Soares que deu a conhecer ao povo português a miséria dos salários em atraso e da fragilização do trabalho... alivia-me pensar que ele grita de rancor por não "ter mordido" o verdadeiro papel dos sindicatos (veja-se a merda da UGT que temos). De facto... é preciso lata!
 
Publicar um comentário

<< Home


   

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

   
   
Estou no Blog.com.pt