08 janeiro 2008

 

Batalha naval sem tiros


Segundo as notícias, no dia 7 de Janeiro de 2008, barcos iranianos provocaram e ameaçaram explodir três navios militares americanos que estavam no estreito de Hormuz. No momento em que os navios se preparavam para retaliar, os iranianos viraram as costas e foram-se embora.

Este não-evento, mal-entendido ou totalmente fabricado, foi divulgado como uma provocação séria que poderá levar a incidentes graves no futuro. O estreito fica na costa iraniana, mas são os americanos que estão a ser provocados.

Só porque os EUA invadiram um país vizinho e há quatro anos que o ocupam, isso não justifica que o Irão se sinta em perigo e reaja à presença de navios americanos na sua costa. Nem o facto do EUA terem uma longa história de violência e guerra deveria alarmar o Irão. Afinal Bush não disse que os ia invadir, simplesmente disse que não descartava essa opção.

Comments:
Claro, como estão Americanos envolvidos, tudo isto teria de ser uma fabricação destes ultimos, como é evidente.

Para já, o estreito de Ormuz fica perto da costa iraniana, mas os navios americanos estavam em águas internacionais, coisa que o faccioso e anti-americanista autor deste post se esqueceu de mencionar.

Depois, as autoridades iranianas confirmaram o incidente, considerando-o uma coisa normal e habitual por aquelas paragens.

Do que eu tenho pena é que os Guardas Revolucionários não tenham levado a provocação até às últimas consequências, se tenham acobardado o posto o rabo entre as pernas.

Seria uma óptima oportunidade para verificar no real as "espantosas evoluções tecnológicas" que o regime iraniano tem propagandeado ao mundo, no campo do armamento.
 
E' falso que os iranianos tenham confirmado o incidente tal como a comunicacao social o descreveu. Os iraninos confirmam que houve um encontro de navios, mas recusam que a comunicacao de radio hostil seja veridica. Alias, apresentaram um registo de video e som que nao tem sido divulgado e que contradiz a historia americana.

O contexto deste episodio interessa. Desde a invasao do Iraque que americanos e ingleses entram em aguas territoriais iranianas sem aviso ou autorizacao deste pais soberano.

Mais, esta peripecia aconteceu nas vesperas da visita de Bush 'a Arabia onde o perigo Persa esta' a servir de argumento para reconstruir aliancas.

Quanto 'a cobardia dos iranianos, deixo o Lino Jose ensinar-lhes como ser mais corajosos.
 
Publicar um comentário

<< Home


   

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

   
   
Estou no Blog.com.pt