07 janeiro 2008

 

Aqui não há exclusivos


OBiToque nunca assinou manifesto. Escrevemos neste espaço sem objectivo expresso, assinando com identidades que nunca justificámos. O título do blogue é uma graçola que sobrepõe referência para carolas da informática com barato repasto lisboeta. É uma confusão desgraçada. A maioria dos blogues é como este, assim contraditório, caprichoso e mal-humorado.

Outros blogues são mais reflectidos. Alguns concebem-se como publicações. Tal como o Reader’s Digest de outros tempos, digerem as notícias e o comentário cultural, e às vezes até têm exclusivos. Este é um valioso serviço: mastigar o festim informativo. Estes blogues conseguem uma vizinhança com o debate jornalístico e partidário e são citados na comunicação social. O interesse é recíproco porque os blogues seguem com atento zelo as novidades noticiosas. Eles têm o tempo e o conteúdo da “actualidade” “real.”

Os blogues não têm todos que viver nesse tempo e formato emprestado. Há muitos tempos no tempo. A mim agrada-me o quarto dia após o evento. Pelo quarto dia, ai pelo lusco fusco, as indignadas opiniões já se expressaram, e já elegeram novo tema para a sua paixão. O que ficou, se algo ficou, merece exame.

Não podemos todos viver na espuma dos dias.

Comments:
Nunca pensei que este blogue fosse uma graçola. Enganei-me!
Ao menos deu-me acesso a outros blogues, sérios e comprometidos em mudar esta merda.
 
E' mau sinal para o comediante quando tem que explicar a piada...

Eu nao sou certamente dos mais humoristas por estas bandas. Tenho quase sempre os dentes da raiva arreganhados, e o meu discurso enrola-se nas metaforas. Mas aprecio que se retrate a nossa triste condicao com ironia e escarnio. A comedia tambem e' analise.

Quanto ao nosso comprometimento, escuso-me de o afirmar. Farto estou de todos aqueles que vestem a politica na lapela e que repetem e repetem as suas conviccoes, principalmente porque a sua pratica contradiz a retorica. Aqui, a pratica e' retorica e a retorica e' practica. Somos o que aqui se le e nao queremos dizer mais.
 
A mensagem subjacente a este post está muito sintonizada com o que eu disse aqui, no primeiro parágrafo: http://azinhagadacidade.blogs.sapo.pt/55643.html

Eu (também) sou daquelas que quando quer uma publicação, a compra.
E gosto de pensar que o meu blog é algo diferente de um jornal diário. Chamem-me nomes.

Um abraço e parabéns pelo vosso blog.
 
Publicar um comentário

<< Home


   

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

   
   
Estou no Blog.com.pt