08 janeiro 2008

 

Todos diferentes, todos iguais



Se há tema em que todos os candidatos a candidatos à presidência americana concordam é Israel. A “experiente” Clinton acha que “este é um momento de grande dificuldade e ameaça para Israel... o que é vital é que nos mantenhamos do lado do nosso amigo e aliado (...). Israel é o farol do que está bem na região, ensombreado pelos males do radicalismo, extremismo, despotismo e terrorismo”. John Edwards garante que “o vosso futuro é o nosso futuro” e que esta ligação “nunca será quebrada”. Pela “voz da mudança” de Obama ouvimos que “a relação especial que os EUA têm com Israel obriga-nos a ajudá-los na sua procura de parceiros credíveis para a paz, assim como a apoiar Israel na defesa contra inimigos comprometidos na sua destruição”.

Porque que nunca se ouve uma crítica dirigida a Israel ou às pressões do lobby israelita? Em Março passado, o ainda ingénuo Obama teve o deslise de dizer que “Ninguém sofre mais do que o povo palestiniano”. Imeditamente o comité de relações públicas americano-isrelita (AIPAC) caiu-lhe em cima, denunciando o comentário e descrevendo-o como “profundamente preocupante”.

Um puxão de orelhas, uns trocos no bolso, e a paz do silêncio. O Center for Responsive Politics, que monitora a influência dos dinheiros na política americana, diz que grupos israelitas já doaram mais de 845 mil dólares aos candidatos presidenciais, 70% dos quais aos Democratas. Ainda faltam 11 meses para as eleições... nas presidenciais de 2004 interesses pro-isrelitas contribuíram com 6.1 milhões.

Comments:
Se fosse apenas isso ("todos os candidatos concordam com Israel") o sistema teria alguma possibilidade de regeneração. Mas não é.
O lobie judeu determina de facto quem efectivamente é eleito. No caso presente Hillary tendo como Vice Obama. Basta olhar para as equipas que fazem assessoria aos candidatos para perceber isto. O poder nos EUA alterna entre a filosofia Kissinger (para os republicanos) e Brzezinski (para os "democratas")
O resto é carnaval mediático
 
Publicar um comentário

<< Home


   

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

   
   
Estou no Blog.com.pt