28 janeiro 2008

 

Dinheiro bem empregue


Um caça F-16 da Força Aérea Portuguesa em operações não identificadas, despenhou-se perto de Leiria. O piloto saiu ileso.

Portugal tinha 45 destes passarões, 20 entregues em 1994 como pagamento pelo uso da Base das Lajes e 25 aeronaves em segunda mão adquiridas em 1999 por 258 milhões de dólares, com mais 185 milhões de dólares gastos em reparacões e melhorias pela Lockheed Martin. Ou seja, cada um destes trambolhos custou bem mais de 12 milhões de euros.

Só lamento que não tenha caído em cima dos submarinos, mas esses ainda não foram entregues.

Comments:
Razão de júbilo: os mandantes portugueses são tão corruptos e subservientes a negociar armas que nem com o orçamento grego de defesa as forças armadas tugas seriam perigo para alguém.
 
Entre comprar uns batiscafos utilissimos á patria portuguesa ou umas xerox's, daquelas que tiram fotocopias a cores, o senhor Portas optou pelo seu fetiche mais caro. Ainda bem que os submarinos não voam,
Um abraço
 
Quanto é isso em escolas e ambulâncias?
 
Escolas e ambulâncias, Samir?
Então e o "peso esmagador do Estado"? Então e o "liberalismo"? Era o que faltava andar a desperdiçar o dinheiro do contribuinte em porcarias inúteis ...
 
Porcarias que caem... em desuso...
 
Publicar um comentário

<< Home


   

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

   
   
Estou no Blog.com.pt